sábado, 25 de julho de 2009

Hoje

Hoje estou angustiada.
Hoje não consigo dormir.
Hoje ri muito.
Hoje já chorei coisinha que chegue.
Hoje vi televisão.
Hoje vi um filme que já queria ter visto.
Hoje apaixonei-me pela banda sonora desse mesmo filme (aqui ao lado).
Hoje comi sushi.
Hoje recebi boas notícias.
Hoje queria ter algumas pessoas por perto.
Hoje gostava de não me ter enganado.
Hoje lembrei-me de pessoas de quem não me lembrava faz muito tempo.
Hoje quis ter coragem para falar a algumas pessoas (mas não tive).
Hoje gostava que algumas coisas que disse no passado não tivessem sido ditas.
Hoje queria ter dito coisas que não disse.
Hoje falei sobre aquilo que me aborrece e sobre aquilo que me deixa contente.
Hoje só bebi um café.
Hoje não consigo parar.
Hoje apetecia-me viajar sem destino.
Hoje não estou muito bem, estou assim...melancólica e num estado de estupidez agravado! São dias...

E afinal isto tudo já foi ontem...

5 comentários:

Luís Gonçalves Ferreira disse...

Hoje, hoje, hoje e sempre amigos. Foi só isso que me apetece dizer-te. Porque é isso o que mais importa: aquilo que está em nosso redor, com disposição para ser armário, poltrona, companhia, chá ou prata. Concentra-te naquilo que tens. O que passou, passou. O destino (se existe) acabará por recolocar tudo no sítio. É obvio que tens que lutar. Mas só tu podes fazê-lo, porque a vida é tua.

Uma Beijola baby@

Luís Gonçalves Ferreira disse...

Ah! E eu amei as músicas. De que filme são?

Andre'Z disse...

Estás a melhorar. Só um café é de se lhe tirar o chapeu =)

Gosto da OST,August Rush,pois sim?

Beijo!

Jonas Grancha disse...

adorei o texto!
as vezes da nos para estes dias assim de melancolia

Rapariga dos caminhos abstractos disse...

Hoje é que foi um dia ! Adorei o texto .