segunda-feira, 9 de março de 2009

Tinha idade para ser minha mãe....

Fez e continua a fazer as delicias de muita catraiada (gosto imenso desta expressão). As minhas também, pois está mais que visto.

É linda, tem medidas de invejar e faz-nos entrar num mundo de fantasia onde tudo é possível...
Aos miúdos deixa-os entrar no mundo dos adultos, aos graúdos faz recordar a infância e a fantasia de viver um sonho...

Criticada por uns, amada por outros. E não é que já faz 50 anos.


Parabéns (sô dona) Barbie!

5 comentários:

Gonçalo disse...

Oh .. como deves imaginar, a barbie só entrou na minha vida de catraio quando, o action man precisava de uma namorada !! :P

Beijinhos

João de Matos disse...

ora, parabens à sra!

Luís Gonçalves Ferreira disse...

"Ontem a Barbie fez anos, porque Ruth Handler a inventou. O que nós desejamos é que seja eternamente jovem e boa como o milho, e já agora Feliz".

Sai do ritmo, mas é giro na mesma.

A Barbie é a maior puta viajada do mundo dos brinquedos. E o Ken (e o Action Man, e o mais recente- o Noddy) que o diga.
:)

BEIJO!

GAB. disse...

E não é que a "sô dona Barbie" tinha idade para ser minha mãe, também!


LOL


Beijo!

AnAndrade disse...

Nunca tive uma.
Tive apenas uma Tuxa preta, que casa em casa sempre foi tudo muito prá frentex (o que as minhas amigas estranhavam a minha preferência por uma boneca escura!), mas teve o mesmo destino triste de todas as que me passaram pela mão: "morreu" com o cabelo cortado à escovinha, que nunca percebi por que é que o raça da trunfa não voltava a crescer...
:)